domingo, 19 de agosto de 2018

Ônibus inteligente

Olá, galera!

A partir de agora, estarei  dando início a postagens com temas sugeridos por seguidores no Instagram. Essas matérias serão postadas junto com outros assuntos que naturalmente acabarão sendo abordados ao longo do tempo por aqui.

A primeira postagem será sobre ônibus, e já de ante mão, prometo que não vai ser o único texto sobre o universos do transporte de passageiros, já que em outras oportunidades deixei claro que o assunto aqui é transporte, seja ele rodoviário, ferroviário ou aeroviário.

Vamos logo ao assunto! 

Já faz alguns dias que o setor de ônibus anda agitado, com o retorno da Busscar ao mercado, novidades e lançamentos  das fabricantes, ônibus elétricos  ou  com fontes de combustíveis renováveis, e a feira Lat.Bus.

                                                    

Recentemente, a Mercedes-Benz apresentou ao mercado seu chassi de ônibus rodoviário equipado com sistemas de segurança ativa, os mesmos presentes nos modelos de caminhões top de linha (Actros) disponíveis para os frotistas.

A Empresa Aguia Branca, do grupo Autoport, é cliente tradicional da MBB, sendo até representante da marca com a Vitoria Diesel, e anunciou a aquisição de unidades com tecnologia de segurança ativa embarcada.

A chegada desses ônibus com tecnologia de ponta mostra que aos poucos o empresário está enxergando os benefícios dos dispositivos de segurança, pois tradicionalmente o brasileiro sempre observou esses equipamentos como custo e não como benefício.

                                           

É uma excelente noticia a chegada desses ônibus para a Águia Branca. 

Aproveito também para compartilhar com vocês o vídeo da repórter Paula toco a bordo de um chassi da MB com esses equipamentos presentes:


                                          
Até mais!

domingo, 12 de agosto de 2018

Nova maquina do Marcos Ténéré do Vlog18rodas, Peterbilt 389 2019.

                                         


Nosso amigo Youtuber, Marcos do canal Vlog18rodas, merecidamente recebeu um novo equipamento de trabalho.

Um Peterbilt clássico 389. Além de zero milhas, ele é um espetáculo, com bastante recursos para facilitar o carregamento e descarregamento, e também mais comprido, acomodando melhor os carros grandes.


Uma incrível maquina, que mesmo com visual clássico, não deixa a desejar pra nenhum outro caminhão com sua tecnologia embarcada de ponta e atualizada, exemplo o propulsor, um Paccar MX-13 que equipa os demais caminhões pertencente ao grupo Paccar (Kenworth e DAF).

Confira como ficou o vídeo mostrando os detalhes, vale muito a pena assistir:

                                 


domingo, 5 de agosto de 2018

AirBus Beluga XL

Como já aconteceu diversas outras vezes, saímos um pouco do assunto caminhões porém, sem deixar de abordar o universo dos transportes.

Aproveitando o grande destaque dessa aeronave recém lançada, e fazendo um tremendo sucesso na internet com sua pintura inusitada, vou falar um pouco desse incrível avião que nasceu para o trabalho.

A Airbus por se tratar de um consórcio envolvendo países, produz seus aviões com peças e  partes fabricadas em diversas nacionalidades, por isso necessita de uma aeronave capaz de transportar essas peças de maneira eficaz. Assim nasceu o Beluga, e posteriormente com o aumento da demanda e também dos modelos de aviões, a Airbus se viu obrigada a desenvolver uma aeronave com maior capacidade, o Beluga XL.

Mas a história começa bem antes disso, podendo ser conferida nesse incrível vídeo do Lito do Aviões & Musicas, tradicional já nos belos vídeos completos e explicativos.

Vale muito a pena ver:

                                                 

domingo, 29 de julho de 2018

Saiba como é feita a carroceria de madeira

O setor logístico, em destaque o modal rodoviário, principal meio de transporte utilizado pelo Brasil, vem mudando ao longo do tempo.

Cada vez mais profissional e vocacional, vem refletindo essa mudança nos tipos de carrocerias presentes nos caminhões. Onde antes se via um tipo de implemento empregado em diversas cargas, hoje ocorre ao contrario, onde praticamente cada produto é transportado com um modelo de carroceria especifico.

Mas curiosamente, uma carroceria que ainda permanece presente no setor, é a boa e velha carroceria de madeira.

Mas por que ela ainda é um sucesso?

Devido a sua flexibilidade em transportar diversas mercadoria a um custo de aquisição relativamente baixo, ela ainda é presente e tradicional no mercado, tanto na mão dos autônomos como nos grandes frotistas.

Bora ver como elas são fabricadas nesse interessante vídeo produzido pelo Repórter Jaime Alves?!

                                           

                                                 

domingo, 22 de julho de 2018

Transportadora da scania?

Exatamente! Você não leu errado. Afim de suprir a demanda de abastecimento dos produtos para a fabrica da Scania em São Bernardo do Campo, a fabricante mantém uma frota própria de veículos realizando esse serviço.

Com outra razão social, os caminhões percorrem diariamente o caminho da fabrica até o porto de Santos e também nas localidades dos fornecedores.

                                             

Assim como acontece na Europa, onde a fabricante mantém uma transportadora( Scania Transport Laboratory) e ainda por cima, aproveita a operação logística para testar seus produtos em condições reais, aqui no Brasil não é diferente, já que na frota, estão presentes exemplares do R450 porém, equipados com o sistema de pós tratamento Euro 6, ainda não exigido no país, e também um P410, modelo não oferecido aqui, aliás, o exemplar de 410 cavalos funciona com combustível não convencional, sem conseguir mais detalhes com o motorista, tudo indica se tratar de um diesel sintético, pois diversos componentes dele estavam alterados, e com chassi e peças pintadas na cor verde, reparem na foto os cubos de rodas verdes, deixando claro se tratar de um veiculo experimental. Ou seja, modelos ainda não disponíveis para o mercado.

                                       

                                         
Essa operação é antiga, pois lembro bem que tinham algumas unidades do Scania P310 rodando, e assim como os demais veículos, tinham suas particularidades e diferenças. Eram todos com cabine na cor vermelha e detalhes no chassi remetendo aos caminhões europeus, como os para-lamas bem acabados e suporte de calço de rodas no final do chassi, padrão europeu totalmente diferente do aplicado no Brasil.

Essa operação, embora use veículos da própria Scania, os motoristas e a logística é realizada pela Santos Brasil, ao menos era, atualmente parece ter mudado!

                                       


Uma excelente maneira da fabricante testar seu produtos em condições reais e ainda por cima, encurtar o período de testes e de quebra, mantém a fabrica abastecida. Ótima sacada não é!?

                                       

Mais fotos dos caminhões da frota no Instagram

domingo, 15 de julho de 2018

Caminhão movido a GNL

Entre as diversas tecnologias testadas e empregadas no mercado mundial em busca da solução sustentável, existe um produto bastante interessante, o Iveco Stralis NP movido a GNL.

A busca por combustíveis renováveis e fontes menos poluidoras está forte no mundo todo, e a bandeira agora é, cada país ou região procurar uma solução mais próxima da sua realidade.

Pena que no Brasil as coisas demoram para acontecer e sempre com a velha teimosia de querer elitizar tudo, beirando ao inviável tamanho o alto custo criado!

Mas quem sabe um dia...

Veja no vídeo esse interessante caminhão, que embora carregando novos conceitos de abastecimento de combustível, mantem seu proposito e versatilidade em ser um genuíno veiculo comercial, confira:

                                                 

segunda-feira, 9 de julho de 2018

Nova fase dos motores a diesel após os escândalos


A Bosch, tradicional fabricante e desenvolvodora de tecnologias nos propulsores de fabricantes de veículos e motores ao redor do mundo, anunciou para o mundo o inovador projeto em que consiste em uma solução para dar sobrevida aos motores movidos a diesel no mercado europeu, já que esse propulsor é largamente utilizado por veículos de passeio e as normas ambientais estão cada vez mais rigorosas com esse combustível.

                                                         

O projeto está sendo testado em um  Volkswagen Golf, e promete além da diminuição da poluição, um consumo bastante reduzido, e em épocas de escândalos de fabricantes burlando o sistema de pós tratamento, se for concreto essa promessa, será muito bem vinda e essencial para a manutenção dos motores a diesel no mercado europeu e ao redor do planeta.

O problema com as falcatruas dos fabricantes é muito grave, pois se no passado não iríamos imaginar um fato desse feito por um fabricante, hoje sabemos que parecem serem capazes de tudo para ganhar dinheiro e participação, como o caso do escândalo envolvendo o grupo Volkswagen, o Dieselgate.

E não se resume somente á VW, já que recentemente a Mercedes-benz também foi pega em investigações dos órgãos reguladores, encontrando irregularidades no sistema dos motores do fabricante, por outro lado, pela primeira vez na história, a Volvo Cars está lançando uma nova linha de veículos de luxo sem opção de moto diesel. Estranho não?!

E aqui no Brasil? Bom, se já andávamos desacreditados com tudo, agora sabendo da falta de limites dos fabricantes, não temos como não desconfiar de tudo!

Sempre achei estranho o fato da VW Caminhões & Ônibus com seu motor MAN D08 atender os limites de poluição usando um sistema EGR sem o uso do reagente Arla32, e quem diz que não pode ser mais uma brecha do Dieselgate por aqui.

                                             

Outro exemplo sem querer tentar penalizar a marca, mas é no mínimo estranho. Um dos propulsores pegos no esquema fraudulento é justamente o propulsor da Audi V6 de 3.0 litros, coincidentemente, o mesmo lançado recentemente na VW Amarok aqui no país, estranho não?!

                                          

Será que não é uma forma da fabricante dar uma sobrevida nesse propulsor em um país onde tradicionalmente a fiscalização é sempre falha?

Eu me permito ficar com a "pulga atrás do orelha"!

Até a próxima.